ESTUDOS BÍBLICOS

O VERDADEIRO CORPO DE CRISTO.

Assunto: A Igreja de Cristo.
Efésios. 4:4á 7- Há um só corpo e um só Espírito, como também fostes chamados em uma só esperança da vossa vocação; um só SENHOR, uma só fé, um só batismo; um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos e em todos vós. Mas a graça foi dada a cada um de nós segundo a medida do dom de Cristo.

Jesus não queria que seus discípulos fossem divididos em partidos religiosos. Ele, desejava que pudessem ser unidos num só espírito em adoração a Deus. Entre os seguidores que acreditam ser de Jesus, há muitas denominações, muitas doutrinas religiosas.

João. 17:20-21- E não rogo somente por estes, mas também por aqueles que pela sua palavra hão de crer em mim. Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste.

Muitos, lamentam a divisão entre os crentes e o desejo deles é que tal não existisse.
Jesus não orou para que seus discípulos pudessem unir-se a uma só denominação.

Seu ensinamento foi designado para trazer às pessoas de doutrinas e tradições dos homens para a simples palavra de Deus. Através de seu ensinamento, Ele pode ser para nós o Caminho da Verdade  para que todos saíam da confusão religiosa.

Mateus. 16:18) – Sobre esta pedra edificarei a minha igreja…

Ele construiu um só corpo que seria o d’Ele. A rocha sobre a qual ela tinha que ser edificada, não era Pedro, mas a verdade que Pedro confessou:

1 Coríntios. 3:11 - Porque ninguém pode lançar outro fundamento, além do que foi posto, o qual é Jesus Cristo.
Igreja significa: Um grupo de seguidores de Cristo que se reúnem em determinado lugar. Ponto de encontro para adorar a Deus, recebendo ensinamentos para evangelizar uns aos outros.

Atos. 2: 37-38 – Ouvindo eles estas cousas, compungiu-se-lhes o coração e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos irmãos? Respondeu-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo. De sorte que foram batizados os que de bom grado receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas. (Atos. 2:47)

No princípio da igreja - Ela era composta por todos os que foram salvos por Jesus Cristo e continuou a crescer na medida em que outros eram salvos. (Atos. 2:47).

A Igreja chamada casa de oração recebia o nome da cidade em que fora fundamentada. Ainda que unidos em Cristo, eles eram independentes de qualquer associação humana.

O Espírito Santo dirigia os apóstolos, ensinando-lhes como deveriam adorar a Deus e trabalhar unidos na obra do Senhor Jesus. E, assim é nos nossos dias também, quando obedecemos às mesmas instruções, arrependendo-nos de nossos pecados e sendo batizados em nome de Jesus Cristo. Quando somos salvos, o Senhor nos acrescenta à sua igreja- “a Igreja do Senhor Jesus Cristo”.  Eles não se ligaram a nenhuma outra doutrina religiosa.

Somente em Cristo, alcançamos a verdadeira união com os demais irmãos na fé..

Em Atos, encontramos o principio desta igreja. Os apóstolos foram guiados pelo Espírito Santo. Imitarmos essas igrejas primitivas do Novo Testamento não é difícil como se imagina. Talvez você encontre um grupo de cristãos verdadeiros, seguindo o mesmo padrão do Novo Testamento.

Na época havia igrejas que se reuniam nas casas. (Romanos. 16:5; 1Coríntios. 16:19). Nenhum sacerdócio ordenado por homens é necessário, desde que todos os cristãos são sacerdotes (1 Pedro. 2:5). Nenhum alvará, de nenhuma organização é necessário, porque a única filiação é com o corpo de Cristo.

Jesus disse: Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, ali estarei no meio deles. (Mateus. 18:20)

Deus abençoe a todos.

PATROCINADOR

05092011 05012012

Discussão

31 comentários para “O VERDADEIRO CORPO DE CRISTO.”

  1. boa noite
    eu irmao nemias gosto dos emcinamento da primeira igreja a igreja primitiva. nos ultimos dias esta muito dificil ver esta igreja………..

    Por nemias melo | junho 3, 2010, 20:40
  2. Meu Deus! a semana se passau… e durante toda ela tenho recebido essa mesma palavra maravilhosa.

    Inclusive isso foi ponte de de muito debate no culto de doutrina porcausa de costumes diferenciados, mas graças a Deus estamos dispostos a aprender sempre, em nome de Jesus.

    Gostei muito mesmo. Que Deus continue operando com vcs para manter esse site no ar. Amém.

    Por Alan | junho 4, 2010, 6:33
  3. Excelente Estudo. Tenho imensa satisfação em fazer parte dos receptores deste site. Muitas dúvidas são esclarecidas do ponto de vista bíblico, e a mente se abre para o mundo teológico. Meus Parabéns!

    Por Manoel Messias dos Santos | junho 4, 2010, 8:59
  4. QUE BÊNÇÃO ESSA PALAVRA! Estava precisando pois estou afastada da igreja, na qual sai justamente, porque não sentia mais o mover do Espírito Santo, me sentia mais uma na mutidão. Estou em casa orando, meditando na palavra, louvando com hinos, mas sinto nescessidade de viver em comunhão na igreja,me ajude em oração estou precisando e estou orando ao Senhor que ele me mostre uma congregação que o adore verdadeiramente em Espírito e em verdade. Deus seja louvado!

    Por Gracilda Souza | junho 4, 2010, 9:47
  5. É muito gratificante poder estudar o livro de Atos,e parabenizo a irmã Nilza,pelo seu ministério,DEUS ABENÇÕE

    Por paulo | junho 4, 2010, 11:24
  6. Agradeço o Estudo e seu empenho,
    realmente tudo que tenho recebido (que é a Palavra de Deus)tem me ajudado muito graças a Deus e sempre na oportunidade tambem repasso.
    Essa de hoje realmente é maravilhosa se o povo de Deus parasse de perde tanto tempo com seu proprio brilho ou tamanho de igreja e pregasse mais …
    as vidas são do Senhor …

    È tudo Dele
    não precisa brigar,desputar mostrar que voce é o melhor ou prega melhor etc etc…

    O brilho é do Senhor

    Por Wailma Cavalcanti | junho 4, 2010, 12:39
  7. -Fiquei mto contente por estas palavras,pq estava precizando de uma luz que brilhasse hj p mim…Vivo em um povoado que fica perto de Barcelona (esp)e ainda nao sou batizada,mas leio mto o evangelio e oro tb…a minha maior alegria eh ver o meu marido orando a Deus e abençoando as refeiçoe…sabem pq? Ele era anti religiao e nao creia em Deus,mto menos em Jesus…Os meus filhos tds sao crentes..Estes sao minha mair felicidade..Deus abençoe a tds..Os amo em Cristo Jesus

    Por Maria Rita Coutinho | junho 4, 2010, 13:07
  8. A Paz, sou de uma denominação mas confesso que ao ler um estudo biblico me sinto , energizada e iluminada com a luz divina, que este site, permaneça para continuar a levar a verdade de CRISTO JESUS obrigada.

    Por angela | junho 4, 2010, 13:27
  9. qdo Jesus deixou discipulos Ele os não os deixou pra o “Ide”? pque eles pregassem a Palavra e naõ pra que criassem denominações, mas que fossem conhecidos como discipulos de Jesus naõ é isso? Pq tantas denominações se a igreja é uma só. Qdo Jesus voltar Ele irá arrebatar a igreja não é mesmo? Eu não entendo realmente isso. Não ficou claro pra mim. Mas obrigada pelo envio.

    Por nadia regina | junho 4, 2010, 16:08
  10. A PAZ DO SENHOR, ME PERDOA, MAS PODERIAM ESPLICAR ESSE TRECHO FINAL DESSE ESTUDO, ONDE VCs FALAM QUE OS CRENTES PODEM CONGREGAR EM CASA, E NAO TER UMA IGREJA PARA CUMUNHAR. PORQUE EM HEBREUS 10.24,25 FALA PARA ESTIMULARMOS OS IRMAOS AO AMOR, CONSIDERANDO UNS OS OUTRO, E NAO DEIXARMOS A NOSSA CONGRGAÇÃO.

    Por rerison | junho 4, 2010, 16:14
  11. Que estudo maravilhoso,que possamos ser irmãos em Cristo e não só de denominação,pois só quem pode salvar-nos é O Senhor Jesus Cristo.Que posamos colocar em prática a sua Palavra.

    Por Geruza Duarte Dos Santos | junho 4, 2010, 16:32
  12. a verdadeira igreja que Jesus deseja sao de coraçoes quebrantados, clamando para ser transformados e enchidos do poder do Espirito Santo, em consequencia vem a comunhao com os irmaos que buscam o mesmo proposito. A questao é que hoje os valores foram invertidos e a Igreja é encarada como uma empresa que tem que dar lucro e multiplicar-se a qualquer custo, se esquece que atraz de Jesus existia apenas doze discipulos e uma multidao querendo se aproveitar!!!!!

    Por paulo machado | junho 4, 2010, 21:20
  13. Deus te abençõe irmã Nilza, um estudo
    fabulozo eu gostei muito,eu utimamente
    tenho pedido muito a Deus que todos nos viva mais unidos como fala o Salmos 133 “OH! QUÃO BOM E QUÃO SUAVE É QUE OS IRÃOS vivam EM UNIÃO!” e que não tivece
    divizão. Precizamos muito de jejum e muita oração,se estivecimos juntos e unidos este mundo ja estava mudado era ou não era? um grande abraço se for posivel ore por me que eu vou fazer uma cirugia e eu oro por vcs que Deus te abençõe e que ele nos der muito amor todos nós da irmã AMÉLIA

    Por AMÉLIA | junho 4, 2010, 21:35
  14. Esta mensagem me trouxe ensinamento profundo e certamente irei ministrar este ensinamento para que todos saibam a importancia e o valor do corpo de cristo.

    Por sidnei | junho 5, 2010, 0:15
  15. A graça ea paz louvo a Deus pela sua vida irmã nilza, porque tem levantado profetas sem religiosidade
    sou de uma igreja que nasceu na visão celular a cada dia mi apaixono por fazer parte desse corpo toda vez que ganahamos almas pra jesus na minha casa, louvo a Deus e um relacionamento de amor de colocar realmente as mãos no arado de abrir a nossa casa nossa vida se doando pra viver em cristo.

    Por jucineia tavares | junho 5, 2010, 12:03
  16. eu congrego em uma igreja que nao fala portugues e o que eu trnho notado sempre nos ultimos anos e o esfriamento do amor entre irmaos na fe em muitas igrejas estao passando por isso esses estudo estaos sendo de muita importancia pois estao sempre me relembramdo a irportancia desse compromisso com o amor a Cristo e a todas criaturas de Deus muito obrigada e os abencoes a todos em nome de Cristo que segue con esse ministerio amen.

    Por ivonete pereira | junho 6, 2010, 12:31
  17. Particulamente gostei deste estudo, pois eu faço parte de uma igreja que procura seguir os padrões bilbicos, padrões esses deixados pelos os apostolos. Espero que atravez deste estudo muitos procurem adorar a Deus verdadeiramente, e não venha pregar um evangelho erronio, como tenho visto muitos pregarem o evangelho da prosperidade, porque estes estão procurando seus proprios interece. Que Deus a abençoe.

    Por erike costa | junho 6, 2010, 16:36
  18. estou na igreja ja a muito0 tempo, e não tenho nenhuma resposta de deus, nem sentimental, nem financeiro, oque tenho que fazer, estou desesperado me ajude pelo amor do senhor jesus cristo.

    Por wilton souza | junho 6, 2010, 20:11
  19. sera alguma maldição, inveja , macumba, feitiçaria.

    Por wilton souza | junho 6, 2010, 20:15
  20. é muito edificante este estudo temos que entende-lo e trazer pra nossa vida

    Por erica helena da silva | junho 7, 2010, 8:20
  21. a paz do senhor para todos
    essa palavra trouxe pra mim uma bela reflexão,pois servindo a Deus em espítito e em verdade é que conseguimos a salvação e vida eterna ate mais e não se esqueçam de mandar pra mim o e-mail com os estudos biblicos e as questões para eu responder

    Por josé luiz neto | junho 8, 2010, 9:35
  22. O desafio de usar a própria consciência ao tomar decisões
    (por Daniel Phileleutherus)
    “Ser ou não ser, eis a questão”. Um dos epítomes mais usados para classificar a famosa peça Hamlet, de Willian Shakespeare, é “a tragédia da dúvida”. O príncipe da Dinamarca é um retrato fiel do ser humano que agoniza diante das decisões difíceis da vida.
    De fato, a maioria das pessoas acha tão difícil tomar decisões que consciente ou inconscientemente acabam delegando esta tarefa a outros, até mesmo nas questões mais importantes de suas vidas. Este é um comportamento extremamente prejudicial para todos os que o adotam, mas ninguém é mais prejudicado por agir assim do que os cristãos.
    Quando dedicamos nossa vida a Deus e a simbolizamos pelo batismo, nós concordamos que daquele momento em diante faríamos a vontade de Deus e não mais a nossa própria vontade. (Hebreus 10:7) Devemos a partir daí, em todas as decisões da nossa vida, nos estribar em Jeová Deus, deixar que Ele nos guie em nossas escolhas. Provérbios 3:5, 6 diz: “Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas.” Por que não é sábio nos estribarmos em nossa própria compreensão do assunto ou em nossa própria experiência? Por causa do que diz Jeremias 10:23 e Provérbios 28:26.
    “Bem sei, ó Jeová, que não é do homem terreno o seu caminho. Não é do homem que anda o dirigir o seu passo”. Jeremias 10:23
    “Quem confia no seu próprio coração é estúpido, mas aquele que anda em sabedoria é o que escapará”. Provérbios 28:26
    E há também aquelas decisões que envolvem outras pessoas. Nós não conseguimos olhar muito além das aparências. Somente o nosso pai celestial e seu filho conseguem enxergar o que as pessoas são no íntimo. (1 Samuel 16:7; 1 Crônicas 28:9; Salmo 7:9; Provérbios 24:12; Atos 1:24; Mateus 9:4, 12:25; Marcos 2:8) Jeová Deus é todo-sábio. Ele vê tudo, enxerga mais a fundo do que qualquer humano e conhece de antemão o desfecho das coisas. (Isaías 46:9-11; Romanos 11:33)
    Quando Adão e Eva comeram do fruto da “árvore do conhecimento do que pé bom e do que é mau”, demonstraram que não queriam essa relação com Deus. Conforme a nota ao pé da página 34 da Bíblia de Jerusalém diz: “[...] É a faculdade de decidir por si mesmo o que é bem e o que é mal, e de agir conseqüentemente: reivindicação de autonomia moral pela qual o homem nega seu estado de criatura (conforme Isaías 5:20) O primeiro pecado foi um atentado à soberania de Deus, um pecado de orgulho.” (Bíblia de Jerusalém, p. 34)
    Os cristãos dedicados e batizados voltaram espontaneamente a esta relação de dependência de Deus, de deixar que Ele guie os seus passos, de seguir os seus conselhos e orientações em todos os assuntos da vida.
    Assim como os israelitas no passado achavam difícil ter uma relação achegada com um Deus invisível e preferiram um rei humano para governar sobre eles, muitos cristãos hoje acham penoso ter uma relação achegada com Deus mediante Cristo Jesus e serem orientados pelo Espírito Santo e por sua Palavra apenas, e escolhem ser governados espiritualmente por um governante humano (ou por um Corpo Governante), permitindo que pessoas tão ou mais imperfeitas do que elas mesmas lhes digam o que é certo ou errado, o que podem ou não podem fazer.

    Por que um cristão faz isso?
    Talvez o motivo principal seja que a maioria das pessoas gostaria que as coisas fossem pretas ou brancas, nitidamente catalogadas para elas como certas ou erradas, mas isso não se dá na Palavra de Deus. A maioria das decisões que temos de tomar envolvem o uso de nossas consciências, e tomar decisões com base na própria consciência pode ser difícil e às vezes torturante. Muitos desistem desse esforço, deixando simplesmente que alguém lhes diga o que fazer, que atue como consciência deles.
    Não querer assumir a responsabilidade é a causa primária de muitos cristãos fugirem da autonomia cristã e preferirem a heteronomia, e esta fuga “consiste geralmente em submeter-se a uma fonte que assume a autoridade de tomar decisões pela pessoa, de ser sua consciência, de dirigi-la em suas opções de vida”, conclui Franz. (idem)

    A diferença entre leis e princípios
    Um princípio é uma verdade fundamental, atemporal e de múltiplas aplicações; leis são temporárias e tendem a ser específicas.
    Se Deus fizesse da Bíblia um livro de leis e regras específicas, ela não seria prática para todas as pessoas que viveram em todas as épocas da história. Leis que fossem úteis para uma determinada época ou povo seriam inúteis ou impraticáveis em outras épocas e para outras culturas.
    Os princípios bíblicos são imutáveis e orientam o homem do século XXI a tomar decisões sábias na sua vida diária assim como orientava o homem do século XV ou do século I.

    Não é difícil tomar decisões com base em princípios bíblicos
    Quando a Bíblia tiver uma lei, uma declaração direta e inequívoca sobre o assunto em questão devemos obedecer a essa lei, confiando na sabedoria divina.
    Mas quando a Bíblia não tiver uma lei clara ou uma declaração direta sobre o assunto, apresentando apenas princípios norteadores, a questão cairá no campo da consciência pessoal, e então cabe a cada cristão interpretar e aplicar o princípio à sua situação singular e tomar uma decisão pessoal, usando a sua faculdade de raciocínio. Com a prática todos podem aprender a procurar na Palavra de Deus princípios pertinentes, situações análogas e histórias que trazem vigorosamente à atenção preceitos e lições morais vitais. Poderá tirar proveito também dos modos de vida aprovados, que foram registrados para a nossa instrução. (Romanos 15:4)
    Sua decisão não poderá ser julgada ou criticada por outros na congregação, conforme orientação expressa em Romanos 14:1:
    “Acolhei o [homem] que tem fraquezas na [sua] fé, mas não para fazer decisões sobre questões subjetivas.” (Tradução do Novo Mundo)
    É nos recomendado, porém, a discrição em nossos assuntos particulares. Visto que a consciência é individual, as decisões de consciência variam de cristão para cristão. Por evitarmos divulgar nossas decisões pessoais, evitaremos fazer nosso irmão tropeçar. (1 Coríntios 8:9-13)
    A discrição é ainda mais importante para alguém que ainda está na organização das Testemunhas de Jeová (alguns motivos justificam essa decisão), mas que já se libertou mentalmente dela. Sendo discretos, podem tomar muitas decisões pessoais, usando sua consciência cristã, mesmo que essas decisões contrariem as leis organizacionais.
    Mas as pessoas que as praticaram tomaram uma decisão pessoal, baseado em sua consciência e em seu relacionamento com Deus, e foram discretos, não revelando indevidamente o que fizeram a qualquer pessoa na congregação. Assim, além de não fazerem ninguém tropeçar por causa de sua decisão (1 Coríntios 8:9-13), puderam exercer sua liberdade cristã, mesmo ainda pertencendo a um grupo religioso fundamentalista e autoritário.

    O medo de errar e ser punido por Deus – É justificável?
    Errar numa decisão de consciência poderá trazer sobre nós as conseqüências desagradáveis do erro, mas nunca trará a desaprovação de nosso pai celestial. Por que não? Veja o que diz Romanos 4:15 e 5:13.
    “Na realidade, a Lei produz furor, mas onde não há lei, tampouco há transgressão.” – Romanos 4:15 (Tradução do Novo Mundo)
    “Pois, até à Lei havia pecado no mundo, mas o pecado não é imputado a ninguém quando não há lei” – Romanos 5:13 (idem)
    Aquilo que não foi especificado para ser feito não poderá ser cobrado nem poderá haver punição para o filho que não trabalhou como o pai esperava, embora o pai possa dar-lhe algumas orientações quanto a designações futuras.
    Vejamos dois exemplos que ilustram isso.
    Por exemplo, José, enquanto escravo no Egito era constantemente assediado pela esposa de seu amo Potifar. Certo dia ela até mesmo tentou leva-lo para sua cama à força. José negou-se a ceder aos desejos de sua patroa e por causa disso, ela armou-lhe uma cilada e acabou colocando-o na prisão. (Gênesis 39:1-20)
    Agora veja o caso de Judá. O relato de Gênesis 38:12-19 diz:
    “Passaram-se assim muitos dias, e morreu a [...] esposa de Judá; e Judá guardou o período de luto. Depois subiu até os tosquiadores de suas ovelhas [...] e foi comunicado a Tamar [sua nora]: “Eis que o teu sogro está subindo a Timná para tosquiar as suas ovelhas.” Em vista disso, removeu de si as roupas de sua viuvez e cobriu-se com um xale, e velou-se, e assentou-se à entrada de Enaim [...] Quando Judá a avistou, teve-a imediatamente por meretriz, porque encobrira a sua face. Desviou-se assim para ela à beira da estrada e disse: “Permite-me, por favor, ter relações contigo.” Pois não sabia que era sua nora. No entanto, ela disse: “O que me darás para ter relações comigo?” A isso ele disse: “Eu mesmo enviarei um cabritinho do rebanho.” Mas ela disse: “Dar-me-ás uma garantia até o enviares?” E ele continuou: “Que garantia te darei?” ao que ela disse: “Teu anel de chancela, e teu cordão, e a vara que tens na mão.” Entregou-lhos então e teve relações com ela, de modo que ela ficou grávida por ele. Depois ela se levantou e foi embora, e removeu de si o xale e vestiu-se das roupas de sua viuvez.” (Tradução do Novo Mundo)
    Muitos leitores da Bíblia acham difícil entender porque não encontramos neste relato nenhuma palavra de desaprovação ou mesmo uma punição da parte de Deus para Judá. Mas a explicação está em Romanos 4:15 e 5:13. Se não havia lei, não houve pecado por parte de Judá.
    Jesus Cristo também lançou luz sobre este assunto, e confirmou o que estes dois relatos bíblicos demonstram, que quando a pessoa faz algo errado em ignorância, por não haver leis específicas sobre o assunto ou por desconhecê-las, não pode ser-lhe imputada culpa. Veja o que ele disse:
    Jesus disse-lhes: Se fôsseis cegos, não teríeis pecado. Mas agora dizeis: ‘Nós vemos.’ Vosso pecado permanece. (João 9:41)
    Se eu não tivesse vindo e falado com eles, não teriam pecado; mas agora não têm desculpa para o seu pecado. Quem me odeia, odeia também o meu Pai. Se eu não tivesse feito entre eles as obras que ninguém mais fez, não teriam pecado; mas agora eles têm visto e têm odiado tanto a mim como a meu Pai. (João 15:22-24)
    “Quem se alimenta de leite ainda é criança, e não tem experiência no ensino da justiça. Mas o alimento sólido é para os adultos, os quais, pelo exercício constante, tornaram-se aptos para discernir tanto o bem quanto o mal.“ (Nova Versão Internacional

    Exercitando constantemente nossa consciência
    O próprio arranjo congregacional (com anciãos, instrutores, pastores etc) foi deixado por Jesus com objetivo de ajudar os novos a crescerem espiritualmente e alcançarem a plenitude cristã. Depois de alcançarem a plenitude do Cristo, eles por sua vez passariam a auxiliar outros novos com o mesmo objetivo, num processo dinâmico de formar cristãos maduros para exercerem sua liberdade cristã plenamente, sujeitos apenas a Cristo e ao seu pai. Veja como a Bíblia deixa claro este processo em Efésios 4:11-16:
    “E ele deu alguns como apóstolos, alguns como profetas, alguns como evangelizadores, alguns como pastores e instrutores, visando o reajustamento dos santos para a obra ministerial, para a edificação do corpo do Cristo, até que todos alcancemos a unidade na fé e no conhecimento exato do Filho de Deus, como homem plenamente desenvolvido, à medida da estatura que pertence à plenitude do Cristo, a fim de que não sejamos mais pequeninos, jogados como que por ondas e levados para cá e para lá por todo vento de ensino, pela velhacaria de homens, pela astúcia em maquinar o erro. Mas, falando a verdade, cresçamos pelo amor em todas as coisas naquele que é a cabeça, Cristo. Da parte dele, todo o corpo, por ser harmoniosamente conjuntado e feito cooperar por toda junta que dá o necessário, segundo o funcionamento de cada membro respectivo, na devida medida, produz o desenvolvimento do corpo para a edificação de si mesmo em amor. (Tradução do Novo Mundo – O sublinhado é meu)
    Na Palavra de Deus vemos, passo a passo, como Deus encontra morada entre nações e famílias de todo estágio de desenvolvimento social e como reconhece seus adoradores fiéis, embora estes passem despercebidos até mesmo dos profetas. A Bíblia nos mostra em seu registro perdurável, toda a condição e o poder do homem quando este é abençoado pelo Espírito Divino. Ela nos tira do círculo das influências diárias e nos apresenta a profetas e reis, a pensadores profundos e pregadores da justiça, trabalhando em suas respectivas esferas de várias maneiras, mas guiados pela mesma força e pelo mesmo objetivo.
    Devemos também fazer da meditação e da oração um hábito regular em nossas vidas. Ao refletirmos sobre preceitos bíblicos, consideramos como esses poderiam se aplicar a situações específicas, e aos enfrentarmos questões difíceis, oramos a Deus pedindo ajuda para encontrar a orientação necessária. O Espirito Santo nos ajudará a lembrar úteis princípios bíblicos que já lemos na Bíblia. (Salmo 25:4, 5)

    Enfrentar as incertezas faz parte do processo de tomar decisões

    Há muitos que, em virtude de passividade, dependência, medo e preguiça, buscam quem lhes mostre cada polegada do caminho e quem lhes prove que cada passo será seguro e proveitoso. Isto é impossível, pois a jornada do crescimento espiritual exige coragem, iniciativa e independência de pensamento e ações. (OPUS CITATUM, FRANZ, 2002, p. 640)
    Não duvidou da promessa de Deus, por incredulidade; mas, pela fé, se fortaleceu, dando glória a Deus, estando plenamente convicto de que ele era poderoso para cumprir o que prometera. (Romanos 4:20-21)

    Conclusão
    Então, procure usar suas faculdades mentais e tomar decisões em harmonia com a Palavra de Deus hoje. Assim, nos dias que virão, você colherá os frutos positivos das escolhas sábias que fez.

    REFERÊNCIAS:
    A Bíblia – Tradução Ecumênica. Edições Loyola e Paulinas: São Paulo, 1995.
    Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas. Associação Torre de Vigia. Tatuí-SP, 1986. Todas as citações bíblicas que não especificam a tradução são da TNM.
    A Bíblia Viva. Segunda edição. São Paulo: Mundo Cristão, 2002.
    Bíblia de Jerusalém. Edições Paulinas: São Paulo, 1973.
    FRANZ, Raymond V. In search of Christian Freedom. Commentary Press: Atlanta, EUA, 2002.
    Bíblia Sagrada. Nova Versão Internacional. São Paulo: Editora Vida, 2000.
    Revista A SENTINELA, 15.10.97, p. 28. Associação Torre de Vigia de Bíblias e Tratados. Tatuí-SP.

    Por António Pimentel | junho 14, 2010, 8:06
  23. Todos nós temos nossa família, e porisso vejo grande nescessidade da pessoa participar de uma Igreja, para comungar, tomar Ceia, exercitar a comunhão entre os irmãos,e ter a oportunidade de exercer a obediencia. Pois quem quer ser um bom líder, tem que primeiro aprender a ser liderado.Jesus sempre foi obediente ao Pai, e vejam que lider Ele foi !Um grande exemplo.

    Por Daniel | junho 29, 2010, 10:28
  24. ai Vai Erminio Mais uma Riquesa Espiritual Pra Vc Apaz

    Por Erminio | julho 11, 2010, 9:30
  25. gostei manda pergutas p mim

    Por edson moriman tewit | julho 19, 2010, 15:02
  26. grassas..

    Por edson moriman tewit | julho 31, 2010, 13:20
  27. Shallom queridos, muito bom o estudo, que Deus continue usando cada um de vcs para registrar palavras de sabedoria para enriquecer nossas vidas espirituais, um abraço a todos!!

    O homem não pode receber coisa alguma se do céu não lhe for dada. João 3.27

    Por Alysson Silva | julho 8, 2011, 11:55
  28. jesus cristo e
    nossa palavra

    Por beatriz | maio 29, 2012, 19:58
  29. você e amado
    por deus
    aloalo muita atenção alo alo
    ligue o ceu coração alo alo
    ven escutar essa noticia
    que eu tenho para dar
    vocÊ e amado vocÊ e amado
    por deus

    Por beatriz | maio 29, 2012, 20:05
  30. Rogo a Deus que da mesma forma que “Ele” em todas manhãs renova a “Sua” misericórdia sobre cada um de seus filhos, esteja também renovando em você a graça da sabedoria e do discernimento para continuar nos oferecendo tão abençoados conhecimento. Deus lhe abençoe em nome de Jesus!

    Por Aluísio MArtins | maio 15, 2014, 6:49
  31. Rogo a Deus que da mesma forma que “Ele” em todas manhãs renova a “Sua” misericórdia sobre cada um de seus filhos, esteja também renovando em você a graça da sabedoria e do discernimento para continuar nos oferecendo tão abençoados conhecimentos. Deus lhe abençoe em nome de Jesus!

    Por Aluísio Martins | maio 15, 2014, 6:50

Comente este artigo

Estudos no seu E-mail

Escreva seu e-mail:


Patrocinador

05092011 05012012

Patrocinador

05092011 05012012